ENSAIOS DA METODOLOGIA MCT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ENSAIOS DA METODOLOGIA MCT

Mensagem por Admin em Qui Mar 20, 2008 12:51 pm

USO DOS ENSAIOS DA METODOLOGIA MCT PARA AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA
DA ESTABILIZAÇÃO COM CAL DE UM SOLO


RESUMO

A estabilização de solos é um recurso importante nos projetos de pavimento. A estabilização com
cal permite a mudança de várias características dos solos tais como expansão, permeabilidade, estabilidade
em presença d’água, aumento da umidade ótima de compactação, melhoria da capacidade
de suporte etc. Este artigo utiliza os ensaios da Metodologia MCT (Miniatura Compactada
Tropical), desenvolvidos em função das dificuldades e deficiências encontradas na utilização das
classificações tradicionais em solos de clima tropical, que utiliza ensaios em corpos de prova de dimensões
reduzidas (corpos de prova com 50mm de diâmetro) com solos tropicais compactados e
pastilhas para os estudos expeditos, para caracterizar as alterações que a estabilização com cal induz
no comportamento de um solo. Esta pesquisa mostra que a classificação geotécnica MCT, desenvolvida
para solos tropicais, é uma ferramenta importante para viabilizar projetos de pavimentação de
baixo volume de tráfego, minimizando custos com pesquisa e ensaios e otimizando o uso de solos
tropicais nestes empreendimentos. O método expedito de ensaios das pastilhas mostrou que a possibilidade
de estabilização de um solo pode ser detectada no próprio campo ou muito mais rapidamente
em laboratório. O resultado é avaliado através do ensaio tri-axial dinâmico com a determinação
do módulo resiliente.

PALAVRAS-CHAVE: solos tropicais, classificação MCT, método das pastilhas.

EUGENIO PACELI WERNECK
M.Sc.
UFSC
Florianópolis/SC

LETO MOMM
Dr.
UFSC
Florianópolis/SC

CONINFRA — CONGRESSO DE INFRA-ESTRUTURA
DE TRANSPORTES
19 A 22 DE JUNHO DE 2007

INTRODUÇÃO
Foi escolhido para os ensaios um solo litólico, tendo como substrato o arenito da Formação Ponta
Grossa, e classificação MCT NG´. Este solo apresentou desempenho inadequado para uso em pavimentação:
baixo índice de suporte (CBR), alta expansão e grande suscetibilidade à água. Este solo
foi amostrado na cidade de Rondonópolis/MT durante amostragem para a realização da dissertação
de mestrado do autor.
Nesta pesquisa o teor de cal foi limitado a um valor máximo de 6%. Este valor foi definido em função
da experiência na região, objeto do presente estudo, onde valores maiores se mostraram economicamente
inviáveis, quando comparados aos custos de transporte de solos de jazidas de cascalhos
lateríticos disponíveis na região.
A análise química da cal utilizada nos ensaios, feita no IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas, é
apresentada na Tabela 1. Esta cal é fabricada em Cuiabá/MT pela empresa EMAL - Empresa de Mineração
Aripuana Ltda.



Download: http://www.adrive.com/public/96b992154af3025989a4fa48d4e4c638853e20939af5a0879392aae52777598d.html
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 57
Data de inscrição : 07/03/2008

Ver perfil do usuário http://mensabrasil.mam9.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum